ArtProtect produtos para conservação preventiva de obras de arte
Imagens com reflex

Primeiros sinais de degradacao

primeiros sinais de degradação nas obras de arte

OBRAS DE ARTE COM SUPORTE DE PAPEL

É importante saber identificar os primeiros sinais de degradação para evitar maiores danos a sua obra de arte. Muitas vezes, a observação criteriosa ou um olhar crítico de sua obra pode indicar o início de problemas que logo depreciam seu o valor estético e monetário.

Principais causas de degradação

Os primeiros sinais de deterioração do suporte de uma obra em papel estão ligados ao oxigênio presente no ar, ao excesso de umidade, luz, radiação ultravioleta e calor, ou obviamente à ação de vários ou todos estes fatores, ao mesmo tempo. Inclusive alguns destes chamados agentes de degradação se potencializam. Por exemplo, a proliferação de fungos (mofo ou bolor) é muito acelerada quando, além da umidade alta, também co-existem temperaturas elevadas. Além disso, a hidrólise do papel depende de umidade e energia, que pode vir da luz ou da radiação ultravioleta. Isso para mencionar apenas dois exemplos de outras “n” possíveis combinações de fatores de degradação.

 

Saiba evitar...


Abaulamentos e ondulações do papel

O aparecimento de abaulamentos e ondulações do suporte de papel indica níveis de umidade excessivamente altos. O papel é tipicamente feito de celulose, que provém da madeira das árvores e, assim, trata-se de um material higroscópico (que tem tendência a atrair a umidade do ar). Isso significa que o papel sempre está em equilíbrio com o meio ambiente. Quando a umidade relativa (UR) do meio ambiente é alta, a celulose (do papel) adsorve umidade e “incha” e quando o ambiente fica mais seco, a celulose libera umidade e “retrai”. Por tanto, o inchamento em função da umidade alta é a causa das ondulações e significa alerta. O próximo estágio, freqüentemente, será o surgimento de pequenos pontos de cor castanha...


Pequenos pontos escuros de cor acastanhada

A formação de foxing e fungos tem a mesma origem, a umidade. Os pontos de foxing são pontos escuros, causados pela oxidação de micro partículas (traços) de ferro presentes no papel. Essa oxidação altera o pH do papel, tornando o meio ácido, criando-se um substrato propício a proliferação de fungos. Assim, o foxing funciona como um núcleo ou início visível da degradação, ele indica uma probabilidade de aparecerem fungos, sendo um dos primeiros sinais de que algo está errado com o ambiente ou o acondicionamento da obra. Assim, está relacionado também com a presença de umidade elevada e do oxigênio no ar.

 

pontos de foxing
Pontos de Foxing

pontos de foxing
Fungos (bolor-mofo)

 

Amarelecimento e escurecimento do papel

A luz intensa somada ao oxigênio, outros são os problemas que aparecem: o papel fica quebradiço e escurece, pois a luz acelera o processo de degradação. Assim como temperaturas altas (calor) também causam amarelecimento e fragilização do suporte. Os primeiros indícios da desestabilização desses fatores são manchas escuras, amareladas ou um amarelecimento geral do papel.

Todos esses fatores não agem apenas sobre o papel, mas também sobre os pigmentos e especialmente os corantes das tintas e outros suportes celulósicos como telas. Por isso, é muito importante escolher bem os locais de exposição ou armazenamento da obra, além da forma de acondicionamento. Essas são questões fundamentais para a longevidade desses objetos de arte. Daí a necessidade de valorizar o conservation framing e outros métodos de conservação ou isolamento da obra do meio ambiente como a ArtCapsule®, especificamente desenvolvida para manter o objeto em um meio controlado, livre do oxigênio e das condições ambientes externas à cápsula.
Existem muitos materiais e métodos altamente inadequados para emolduramento de obras de arte, porém freqüentemente utilizados. Veja como obras com suporte em papel deveriam ser emolduradas, para aumentar a vida útil e evitar danos de maior extensão, no link sobre conservation framming deste site.

 

Referências interessantes:

Library of Congress:
http://www.loc.gov/preserv/deterioratebrochure.html

KISTLER, Vivian C. Conservation Framing. In: The Library of Professional Picture Framing vol 4

 

Degradação do papel/ celulose:

http://sigarra.up.pt/up/web_base.gera_pagina?P_pagina=2322

http://www.conservationresources.com/Main/S%20CATALOG/Oxidation%20of%20Cellulose.htm